Férias em Roma

ferias em roma

Olá meninas, regressei de umas férias espectaculares em Roma!

Queria aproveitar e contar-vos um pouco da viagem, do roteiro que fizemos, esperando que seja interessante para alguém que também queira visitar esta cidade.

Bem começando pela estadia, o hotel no qual ficamos é o Hotel Zone, em Balduina. O que mais me agradou foi o serviço gratuito de transporte, um shuttle bus que nos levava ao centro de Roma, mais precisamente à Piazza Cavour. Tiramos partido todos os dias, a viagem faz-se rapidamente, e é menos dinheiro que se gasta em transportes, por isso vale a pena!

  • Day1

Vaticano – Aconselho-vos a encontrar uma das agências que vos propõem uma entrada sem fila a uma hora marcada, nós pagamos 30€ e pelo que nos disseram, o preço rondaria o mesmo se tivéssemos esperado na fila. Uma vez lá dentro pudemos ver o Museu do Vaticano e a Capela Sistina, para quem quisesse passar lá mais tempo podem ir até à Praça S.Pedro.

De seguida, fomos em direcção ao Castelo S. Ângelo, almoçamos nos jardins em volta do castelo, e atravessamos a ponte S. Ângelo para o outro lado do Rio Tibre, e fizemos a caminhada mais longa de sempre, (com bolhas nos pés para provar, apesar de ter levado as minhas nike, que eu pensei que fossem confortáveis e adaptadas a uma caminhada! enfim), passamos pela Piazza Navona, de seguida pelo Panteão e terminamos com a Fontana di Trevi! Perto da fonte aconselho-vos a provar um dos gelados na Angel’s House! O de pistachio é muito bom! Eu adoro este sabor, e cá em Portugal raramente se encontra e quando encontramos não é a mesma coisa.

  • Day2

Cooking classes in Rome com o chef Andrea! (preço 65€)
http://www.cookingclassesinrome.com/ 

No segundo dia fizemos uma aula de culinária! Acho que não há muitos países onde eu quisesse fazer uma aula de culinária, Roma é com certeza um deles!
Foi uma experiência espectacular, preparamos a comida e no final almoçamos aquilo que preparamos. Aprendemos um pouco sobre a cozinha italiana, e não se preocupem pois não precisarem de ser muito dotadas na cozinha para tirarem partido da aula. Passamos um bom momento e conhecemos outros turistas.

O menu foi:

vecchi flowers – Sim, comemos flores. Recheadas com presunto e queijo. Fritas! why not!? Acho que foi a maior surpresa do menu e vale a pena, com direito a dipping sauce e tudo!

massa a la guitarra com almôndegas – Aprendemos a fazer massa do zero, e um molho de tomate espectacular, este fica para próximos jantares cá em casa!

Quanto à sobremesa, adivinhem… tiramissu tradicional!! Muito muito bom!

Depois da aula ainda demos uma volta e fomos ver as ruinas das Termas de Caracalla (preço 6€). Na minha opinião ruínas é a palavra certa para o descrever. Não se consegue ver grande coisa, temos alguns vestígios de revestimentos do solo, e de algumas pedras com vestígios de ilustrações em mosaico, quanto às paredes temos pouco que demonstre o volume de cada sala, talvez só com os auscultadores de visita guiada se tire partido da visita.

  • Day3

No terceiro dia, fomos até à Villa Borghese, é um parque enorme, com um lago que cerca um pequeno templo, e se percorrermos o parque encontramos outros pequenos monumentos. Nós aproveitamos e almoçamos as nossas sandes no jardim depois de toda a caminhada da Piazza Cavour até aqui, bem que merecíamos o descanso. Outra coisa a realçar é que encontram sempre água potável pela cidade de Roma! Tínhamos uma fonte mesmo à entrada da Villa, e a água é fresca!
Depois, meninas que gostam de shopping, devem sair pela Piazzale Flaminio e dirigir-se à Piazza del Popolo e seguir pela Via del Corso, toda a rua é zona de shopping!

Ao seguir pela rua demos com a galeria Palazzo Cipolla que de momento está a exibir War, Capitalism and Liberty, do artista Banksy. Para nós foi uma agradável surpresa. (preço 8€ a menores de 26 anos)

  • Day 4

Colisseum! Á segunda-feira a entrada é gratuita, e vale a pena ir neste dia, porque pelo preço de 20€ passam a fila e têm visita guiada, o que num outro dia vos custaria 50€. É um coliseu, para quem já visitou um, não vai ver assim nada de novo, é uma ruína, enfim eu gosto de ruínas mas depois de vermos algumas elas são todas muito parecidas, e aqui vale a pena a visita guiada! Seriamente falando. Depois têm acesso à visita guiada até ao Forum Romano e ao Palatine Hill, incluída no preço.
Eu gostei muito e aqui aproveito para deixar alguma publicidade merecida ao nosso guia da segunda parte da visita, Christian, que foi brilhante nas suas explicações quanto à história de Roma, do aspecto político ao aspecto cultural da cidade, muitas informações passadas com boa disposição e com alguma interacção com o grupo. Aqui fica a pagina da Crown Tours para mais informações: https://www.facebook.com/CrownToursRome/?fref=ts

Dicas:

– Nós preferimos viajar de autocarro. Não se esqueçam de comprar o bilhete, caso vos apareça um controlador, lá os bilhetes não podem ser comprados ao próprio motorista, têm máquinas de venda, por exemplo na Piazza Cavour e na Piazza Venezia, e não se esqueçam de validar dentro do autocarro.
– Água potável e fresca é muito fácil de encontrar, viajem com uma garrafa de água que possam encher de cada vez que se depararem com uma fonte, o que não vai ser difícil.
– Provem gelado sempre que puderem!
– Provem pizzas, perto do hotel tínhamos uma pizzaria, duas pizas médias a 12€! Foi o jantar da nossa primeira noite e muito bem merecido!
– Se forem caminhar muito como nós, levem dois pares de sapatos diferentes, umas sapatilhas e umas sandálias por exemplo, assim para não abusar muito dos pés (acho que vou fazer um post só sobre o meu kit de sobrevivência!)
– No aeroporto (Ciampino) têm bus até à estação de comboio de Ciampino ou até ao Termini. Na estação de comboio comprem bilhete até a destinação final, se não aparecer no ecrã, escrevam e ela vai parecer como uma opção, assim mesmo que façam mudança de comboio o bilhete é válido até ao fim da viagem e é sempre o mesmo. Não se esqueçam de validar antes de entrar no comboio.
– No geral sabendo inglês a visita passa-se bem, as visitas guiadas e a aula com o chef Andrea foram em inglês. Só utilizei aquelas expressões mais conhecidas:  ’Buongiorno’ ‘Ciao’ e ‘Grazie’ –  shame on me!

Bem, isto é muita informação, mas espero que tenha sido interessante para alguém.

Gostei muito da viagem a Roma, é um destino muito bonito, com muitos monumentos para ver, e aquilo que aconselho mesmo, é a aula de culinária com o chef Andrea, acho que é uma experiência espectacular!

Alguém já visitou? A minha cidade europeia preferida é Barcelona, mas Roma fica com o terceiro lugar, logo a seguir ao Porto! Que outros destinos aconselham?

Um beijo
Sara

You may also like

5 comentários

    1. Olá Jéssica! ☺
      É um óptimo destino para férias a dois. Mas anda-se muito! No entanto, fiquei com a sensação de que vimos praticamente tudo.
      Fico contente que tenhas gostado, espero ver-te mais por aqui.
      Um beijo
      Sara

  1. Olá Sara

    Não tenho na minha bagagem muitas cidades do planeta, mas Roma é das cidades mais bonitas que já visitei, um autêntico museu a seu aberto.

    O Chef Andrea aconcelha-se vivamente, ele é super fixe, (o sonho de qualquer mulher :P), orgulho-me de ter feito o melhor tiramisu que comi na vida. xD (P.S. No quadro da tua fotografia fala em almôndegas, mas não com “pasta a la guitarra).

    Tens um itinerário porreiro, acredito vivamente que a viagem tenha sido fantástica. Sugestões para este Inverno tens?

    Parabéns pelo blog, bjs*.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *